Edição 3

Edição 3 - 26.11.21

Ansiedade noturna + Ânsia + Violência patriarcal

Lui + Bia Gonçalves + Giovanna Pizzini

Tenho pressa de sentir o calor na garganta, antes mesmo do gosto na
boca
Talvez seja pressa mesmo de sentir tontura e ter certeza do impacto na
cabeça
Por ânsia de acabar me deito antes do fim e me afogo em fumaça
Por medo de me acabar deitada escrevo essas palavras
Pra não te deixar sem notícias, me salvo nesse poema
Pra tudo valer de algo, me justifico com mais um esquema
Lembro de tudo que quero e espero pelo sonho profético
Lembra-me, busca-me, não soa patético.
Me derramo demais em palavras e ja não sou um enigma
Quero voltar pras imagens, assim ninguém me decifra.

Violência patriarcal. Colagem. 42 x 29,7 cm. 2021.
Ânsia. 19,5 x 60,8cm. Tríptico. Foto performance. 2021.

• • •

Lui: Artista visual, musicista e magista. Pesquisadora de arte engajada latino-americana e estudos decoloniais.

Bia Gonçalves: Bacharel em Artes Visuais pela UERJ, desenvolve sua pesquisa artística no espaço experimental e questionador da Colagem Analógica. As colagens resgatam questões importantes na arte contemporânea: um novo olhar para o universo feminino e feminista, trazendo referências da historia da arte, ressignificando suas dores e memórias, buscando a amplitude do engajamento político, conceitual e cultural.

Giovanna Pizzini: Natural de São Paulo, é formada em Cinema pela universidade CEUNSP. Em artes visuais, tem focado em investigar o feminino, a memória, a natureza e o corpo, dentro do seu espaço emocional e físico. Através do seu estudo com fotografia e foto performance. Propondo reflexões sobre a construção e a desconstrução de significados para o “ser” e seus processos de reinvenções.

Você pode gostar de...